Volume
Redes
Sociais
APP Sindicato faz protestos contra redução salarial de temporários
19/12/2017 - 10h17 em Novidades

A APP-Sindicato promoveu atos de protesto em frente aos Núcleos Regionais de Educação em todo o Paraná na última segunda-feira (18/12/17).

Tercio Alves Do Nascimento, presidente do Núcleo Sindical da AAP de Ponta Grossa falou que o motivo dessas ações é contra uma medida do governo do Paraná que reduz em R$ 400,00 por mês os salários dos professores temporários a serem contratados em 2018. “Isso obviamente é mais um ofensiva contra a Educação do Paraná”, diz o presidente, “que a cada ano vem sendo atacada com medidas cujo reflexo é a piora na qualidade de ensino em médio prazo”.

 

O professor Tercio falou ainda que existem em torno de 20 mil professores temporários atingidos pela medida. Ressaltou também que em 2017 já houve redução de professores temporários com a diminuição de horas-atividade, ação essa que resultou no aumento de aulas em sala para os professores e diminuição de tempo de preparo das atividades de ensino.

 

O presidente da APP do Núcleo Sindical de Ponta Grossa fez críticas ao sistema de contratação de temporários na educação pelo estado, tanto de professores como de funcionários. Cujos contratos chegam em média a oito meses por ano, gerando insegurança financeira aos contratados. Pois findo o período, as pessoas ficam sem salário e a depender de nova contratação no ano seguinte.

 

Outro ponto destacado pelo professor Tercio diz respeito à necessidade que os trabalhadores de um modo geral precisam ter sobre o conjunto de políticas em implantação no país. Pois, segundo ele, o maior golpe quem está sofrendo é o conjunto da classe trabalhadora com a retirada maciça de direitos. Sobretudo dos trabalhadores que ganham menos.

 

Em face disso, diz o presidente da APP, é necessário uma mobilização ampla da classe trabalhadora em 2018. Com destaque especial às eleições. “Pois os trabalhadores não podem mais eleger políticos que agem contra os interesses da classe”, destacou.

 

 

Luis Dzulinski - departamento de jornalismo da Rádio Princesa

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!